Desenvolvimento Pessoal,  Organização,  Produtividade

Como começar a se tornar mais organizada

É comum eu escutar dos meus amigos coisas como “eu queria ser organizado como você”, ou “acho tão legal o que você faz, mas não consigo ser assim”, e isso sempre me faz pensar em como essas pessoas poderiam sim se tornar mais organizadas e produtivas, se estivessem realmente interessadas nisso.

É importante ter em mente que ser organizado – ou não – não é uma característica imutável de personalidade. Você pode nunca ter tido o hábito de se organizar e aprender a fazer isso a qualquer momento, se estiver disposta. Eu mesma nem sempre fui muito organizada (não em todas as áreas da minha vida), e continuo mantendo a organização como um exercício diário e constante. Depois de um tempo você percebe como uns minutos por dia te economizam muito mais tempo e te poupam de muita dor de cabeça, e o que antes parecia um esforço passa a ser prazeroso.

Hoje eu escrevi sobre 6 dicas que uso diariamente pra manter a minha vida nos trilhos, e que vão te ajudar a colocar a sua em ordem também:

Faça uma limpa nos seus emails

Isso inclui arquivar o que você precisa guardar, deletar emails inúteis/velhos e se descadastrar de newsletters que você não lê – o que pode ser bom também pra quem está economizando dinheiro, porque você deixa de ver e ser levada a comprar coisas que não precisa. O objetivo principal é deixar ao seu alcance só o que precisa estar ao seu alcance, deixando sua caixa de entrada mais clean e evitando que você procrastine. Eu recebo bastante demanda por email, então, em exemplos práticos, o que eu faço é arquivar, deletar, responder e resolver tudo logo quando abro os emails. Deixo na caixa de entrada o que ainda precisa ser resolvido (algo que eu não tenha como fazer na hora), e arquivo assim que concluído, como uma espécie de gerenciador de tarefas. Assim eu sei que os emails que estão na entrada são sempre os que ainda estão pendentes, e não desvio minha atenção pro que não é mais necessário.

Essa dica serve pra qualquer área da sua vida que precise de uma retirada de excessos: os aplicativos que você não usa e estão ocupando a memória do seu celular; seu arquivo de documentos e contas antigas; roupas e sapatos que você não usa mais… Deixando de se preocupar com o que não é útil na sua vida, você tem mais tempo e tranquilidade pra lidar com o que é.

Guarde o que você ama e o que você usa

Essa é uma lição valiosíssima que eu aprendi com a rainha da organização, Thaís Godinho, e levei pra vida. Eu fui o tipo de adolescente que levava qualquer coisa bonitinha pra casa, e tinha dó de jogar fora porque achava que um dia podia ser útil. Nunca foi (lembra de todas as cartelas de adesivos que você guardou durante a escola?). Segundo a Thaís, se você guardou alguma coisa por um período de um ano e não teve a oportunidade de usar, muito provavelmente nunca terá, porque conseguiu fechar um ciclo inteiro sem precisar daquilo. Na hipótese de precisar, sempre tem como pegar emprestado com alguém, ou conseguir o objeto novamente de alguma forma. O que você não pode é ficar acumulando coisa em cima de coisa, se apoiando em possibilidades. Mantenha com você as coisas que você usa e as que você ama, e assim a sua vida vai ser preenchida somente com o que é importante de verdade pra você.

Pare de colocar as coisas no lugar errado

Um hábito muito prejudicial, que eu sempre cultivei, era colocar as minhas coisas no último lugar onde elas deveriam estar, apenas porque era cômodo na hora. Fosse por causa de alguns passos (deixar roupas em cima da cama), ou pra não abrir o zíper da carteira (deixar cartões e documentos em bolsos soltos), não guardar as minhas coisas no lugar certo nunca me trouxe nenhum benefício – e mesmo assim a preguiça ainda me faz cometer esse crime de vez em quando. Eu já pedi segunda via de cartão sem ter realmente perdido a primeira; deixei de tomar vacina por não achar minha carteira de vacinação; deixei de usar roupas que queria por não ter colocado pra lavar. Pular essas etapas é uma economia porca, porque uns minutinhos que você salva hoje vão te custar horas quando precisar achar algo que está fora do lugar, e podem te fazer perder oportunidades. Todas as vezes que você fizer o pequeno (e é realmente bem pequeno) esforço de colocar as suas coisas no lugar que foi destinado à elas, vai estar poupando o recurso mais valioso de todos: seu tempo.

Se obrigue a agir

Não fique sentado esperando inspiração e motivação, porque em 99% das vezes elas não vão aparecer. Não sem estímulo. Você precisa encarar suas atividades com seriedade e deixar de pensar nelas como opcionais. Levante e faça, mesmo que seja só um pedacinho da tarefa, e só esse ato já vai te trazer motivação pra continuar, como num ciclo de ação → motivação → inspiração → ação. Eu aprendi isso com esse livro aqui, e desde então tenho colocado em prática e visto como realmente funciona. Experimenta e me fala se não é verdade. Ah, quem também sempre fala sobre isso nos vídeos e podcasts são as meninas do Tudo Orna, com quem eu tenho aprendido muita coisa nos últimos tempos. <3

Tenha um método confiável

Você pode escolher entre infinitas opções de métodos pra se organizar melhor, e pode usar mais de uma ao mesmo tempo, se quiser. Mas uma delas tem que ser a principal, se você quiser realmente ter resultados. Você precisa concentrar as suas tarefas, compromissos, anotações – o que for – em um lugar que possa acessar sempre que precisar, e atualizá-lo constantemente. Atualizar é o que vai transformar o seu método em algo confiável: seu cérebro vai entender que, quando você precisar verificar a agenda da próxima segunda, seus compromissos estarão lá; quando estiver revisando a semana atual e vir que deixou de fazer alguma coisa, vai saber que precisa transferir aquela tarefa pra outra data; quando precisar de uma senha, vai achar. Isso vai fazer você se acostumar a confiar e continuar atualizando aquele método, num círculo constante, e te deixar mais tranquila em relação aos seus compromissos e as coisas importantes às quais precisa ter acesso. Você não precisa guardar esse tipo de informação na cabeça e, liberando esse espaço, fica muito mais livre pra criar coisas novas e pensar no que é realmente interessante.

Não se cobre tanto

Um tempo atrás eu percebi que estava me sobrecarregando com a ideia de me organizar, e tudo estava funcionando ao contrário do que eu queria. Então eu resolvi deixar a minha vida o mais simples possível, e é daí que saem todas as dicas desse post. Ficar obcecada com um ideal de organização nível Pinterest só vai fazer você se sentir ansiosa e ficando pra trás. Simplifique o máximo possível todas as áreas da sua vida, e faça as coisas trabalharem pra você, e não o contrário. Incorpore a organização gradualmente no seu dia-a-dia, com pequenas atitudes; e abra sua mente pra ideia de que você pode sim mudar seus hábitos e seu jeito de levar a vida, pra algo melhor e mais funcional, independente de como começou.

Quais dessas dicas você já usa na sua vida? Qual estratégia você aplica diariamente e sobre a qual eu não falei aqui no post? Me conta na última foto do meu Instagram! Até mais :*

Quer receber conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada? 💕 Deixe seu email aqui:

6 Comentários

  • Felipe P. Fernandes

    Karina amei seu texto, suas dicas são transformadoras!

    Organização e produtividade estão diretamente ligadas ao sucesso pessoal, isso somado do foco podem levar uma pessoa a conquistar absolutamente qualquer coisa!

    Deixo aqui meu pedido para um futuro post, algo relacionado sobre foco.

    Beijos e obrigado pela inspiração.

  • Jonathan Vieira-Silva

    Parabéns pelo texto, é realmente motivador.

    Sempre fui uma pessoa apaixonada por organização pessoal. Essa paixão já me abrira muitas portas e me levou a experimentar coisas maravilhosas na minha carreira profisisonal. Sempre busco inovar técnicas eficazes para melhorar minha organização no dia a dia, e com certeza, irei utilizar uma ou duas de suas dicas acima explanado.

    Aguardando novas publicações,
    J. Vieira-Silva

    • Karina

      Oi Jonathan!

      Que legal ler seu comentário! Realmente a organização é uma característica que contribui muito pro crescimento e desenvolvimento de qualquer pessoa, tanto no âmbito profissional como no pessoal. Eu sempre fui fascinada por esse tema; e estou com você, buscando me aperfeiçoar diariamente.

      Muito feliz por poder contribuir com a sua jornada! Obrigada por dividir isso comigo.

      Até a próxima,
      Karina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *