fbpx
Desenvolvimento Pessoal,  Produtividade

Você já parou para planejar 2019?

Um erro que eu cometi por vários anos, e que sei que muita gente comete, é iniciar um ano novo sem fazer um planejamento para ele. Você já se perguntou por que ainda não tirou aquele sonho do papel? Ou por que tanta gente se enche de promessas em janeiro e esquece todas na metade do ano? A maioria das pessoas sabe o que quer, mas não pensa em como conseguir. Elas focam no objetivo final e esquecem do caminho; e vão levando a vida no piloto automático, sem assumir o controle dos acontecimentos. Esse é um dos motivos de, ano após ano, muitos sonhos serem adiados e muita coisa ser deixada para trás.

Para atingir qualquer meta, a primeira coisa que você deve fazer é destrinchá-la. Ou seja: separá-la em pequenas partes, e introduzir cada uma delas no seu dia-a-dia. Para isso você precisa: saber o que quer realizar; pensar em quais são os passos para chegar lá; e de alguma ferramenta para te ajudar nesse processo. É possível fazer isso de várias formas, mas eu, que sou adepta dos planners (quem diria?), opto por fazer meu planejamento todo no papel. Hoje vou dividir com você o meu procedimento 🙂

planejamento_2019
O QUE VOCÊ TEM EM MENTE?

Primeiro, liste tudo que gostaria de fazer em 2019. Pode ser uma viagem; uma cirurgia; trocar de carro; aprender um idioma. Qualquer coisa que você queira realizar! Agora escolha quais dessas coisas são prioridade para você, e com quais você escolhe se comprometer realmente. É claro que você pode alterar suas prioridades futuramente, mas é importante decidir por onde começar. Uma vez escolhidos os objetivos, anote em um calendário anual esses compromissos. Assim você vai ter uma visão geral dos acontecimentos mais importantes do seu ano sempre que precisar.

Com os objetivos escolhidos e anotados, é hora de começar a dividi-los em pequenas partes para se preparar para a hora h. Existem duas possibilidades: alguns eventos você pode escolher quando e onde vão acontecer; e outros já tem data e local definidos. A diferença é óbvia: na primeira situação, antes de tudo, você vai precisar decidir quando encaixar aquele objetivo no seu calendário. Vou dar exemplos práticos para ficar mais fácil 🙂

TRAZENDO SEUS OBJETIVOS PARA MAIS PERTO

Digamos que você tenha vontade de participar de uma corrida, e tenha decidido que 2019 é o ano em que vai fazer isso acontecer. Primeiro, procure saber quais corridas acontecem na sua região e em qual época do ano, e escolha uma que se adeque às suas condições. Depois, marque no calendário anual a data aproximada da corrida que você escolheu; pense no quanto e com qual frequência vai precisar treinar para estar preparada, considerando a data da prova; e, para acompanhar o seu progresso, anote na sua agenda ou planner todos os dias em que vai se comprometer a sair para treinar.

Separando seus objetivos em pequenas partes, e se comprometendo diariamente com eles, você consegue introduzi-los na sua rotina, e assume o controle sobre eles, deixando de enxergá-los como coisas abstratas e distantes da sua realidade. Esse passo a passo pode ser adaptado para qualquer coisa: se você for viajar, pesquise primeiro qual a melhor época do ano para visitar o seu destino; se for fazer uma cirurgia, pesquise em qual estação vai ter mais conforto no pós-operatório; e por aí vai. A partir daí, você pensa em tudo que precisa ser feito até lá.

planejamento_2019
Colar bolinhas coloridas nos dias mais importantes ajuda a visualizar melhor o ano inteiro 😉
DESTRINCHANDO SUAS METAS

Supondo que você tenha um compromisso já com data certa, basta pular a primeira etapa e partir para a definição dos passos que precisa dar até chegar o grande dia. Eu, por exemplo, tenho um casamento para ir em outro estado no mês de outubro. Para planejar essa viagem e decidir se vou conseguir encaixá-la no meu calendário (e orçamento), eu me fiz as seguintes perguntas:

• Quanto dinheiro vou precisar levar na viagem? Quanto vou poupar por mês?

• Vou comprar as passagens com quanto tempo de antecedência?

• Vou precisar comprar um vestido? Presentes? Ou outros itens para levar?

• Vou aproveitar para conhecer outros lugares ao redor da cidade? Vou fazer um roteiro ou contratar alguém para fazer?

As perguntas variam de acordo com cada objetivo, mas a ideia central é sempre a mesma: inserir algo que parece distante (outubro de 2019?) no seu dia-a-dia a partir de hoje, para que você controle os acontecimentos na sua vida ao invés de deixar que eles controlem você.

É claro que, mesmo com o planejamento mais detalhado, é possível que tudo mude ao longo do tempo (e tudo bem!). Mas estar preparada te traz mais segurança; pode te poupar de muita dor de cabeça; e, principalmente, pode te ajudar a realizar tudo que você sonha fazer e vinha adiando até agora. Evite ser pega desprevenida; e comece hoje a criar a vida que você sempre quis!

ONDE FAZER

Seja você adepta do papel ou da tecnologia, ter uma ferramenta para ajudar no planejamento e visualização do seu ano é essencial. Para 2019, eu escolhi usar o Daily Planner da Paperview, e tenho achado os jellies transparentes super úteis para marcar as datas no calendário. Além de funcionais, eles são uma gracinha, e eu adorei os tons e as cores. Fica de dica para quem estiver pensando em comprar 🙂

planejamento_2019
Outra dica é anotar seus planos na seção “Você ama a vida?”, mas confesso que ainda não escrevi com medo de errar haha

Se tiver alguma dúvida sobre como ou o que fazer no seu planejamento, fique à vontade para me perguntar aqui nos comentários ou lá no meu Instagram. Vai ser um prazer conversar sobre tudo isso! Te vejo aqui no blog na quinta que vem!

divisor

Quer receber conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada? 💕 Deixe seu email aqui:

7 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *